domingo, 27 de dezembro de 2015

TEORIA DO CHAVES NA PRÁTICA

Quem nunca assistiu chaves? Acredito que ninguém!
   De tanto assistir o seriado mexicano, muitas frases marcantes ficaram como: “A vingança nunca é plena mata a alma e a envenena” ou “Meu coração por ti bate como caroço de abacate” mas a frase que mais marcou e que levo comigo até hoje é  “ Somente os idiotas respondem uma pergunta com outra pergunta”, isso realmente faz sentido, imaginem uma conversa em que as repostas são perguntas, lado bom: Sempre há o que falar e nunca fica um silencio constrangedor. Lado Ruim: Chega num ponto que a conversa começa a ficar irritante ( o famoso papo de idiotas ).
 Agora você terá a chance de aprender na pratica essa teoria;

   Eu me deparo muito com essa situação no dia a dia e sempre lembro deste dito, a imagem abaixo ilustra muito bem essa situação, veja:
Exemplo de uma quase conversa de idiotas no Twitter:


  1.    Note que o emissor da questão faz sua pergunta com base em uma duvida que possui...
  2. A seguir o receptor inocente, responde a pergunta com outra pergunta...
  3. O emissor da primeira pergunta ao identificar a situação que estava prestes a acontecer ( o famoso papo de idiotas ) encerra a conversa respondendo a pergunta da pergunta de forma afirmativa, que é a maneira correta de se responder uma pergunta.

   Vamos fazer um pequeno exercício mental, imagine você em uma prova respondendo uma questão dissertativa com uma pergunta, é no mínimo zero. Lembre-se que falei questão e não redação ( Zero in your face, motherfucker!!!).

   Essa conversa seria pior se por acaso o emissor da primeira pergunta respondesse com uma pergunta a pergunta da pergunta, Essa conversa seria classificada como conversa de idiotas. ( Quase, faltou pouco para isso acontecer!!!).

Nenhum comentário:

Postar um comentário