quarta-feira, 9 de setembro de 2015

O Mundo "tá" perdido


    Hoje estava eu em casa assistindo Guerra de Containers quando de repente ouço um funk batidão quiçá proibidão vindo de um celular, pensei, minha irmã saiu, será que ela esqueceu o celular? fui ver e notei que o aparelho era de minha mãe, na hora me deu uma dor no coração, comecei a refletir sobre a vida e a me questionar se realmente eu teria saído daquele ventre, utero, daquela barriga.
    Minha querida mãe que antes curtia um Amado Batista, um Zezé di Camargo e Luciano e outras dúzias de sertanejos chororôs, agora curtindo funk pancadão, aonde vamos parar, tudo culpa da novela, espero não ver minha mãe beijando a vizinha qualquer dia desses.







Nenhum comentário:

Postar um comentário