sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

A MERD@ DE LUGAR QUE TRABALHO!!! Maconheiros e Vagabundo

Bem, como é de costume,vou contar mais um caso que aconteceu na empresa em que trabalho, o caso de hoje é o seguinte:

Estava eu sentado em um banco,quando chegam dois caras,os caras estavam conversando,e já que eu estava ali as vezes participava da conversa,quando dirigiam a palavra à mim dizendo: - Haãã! - pois é! (e outras coisas que se diz quando não se esta muito afim de falar ).

Eles estavam comentando que iam sair da empresa,por que a empresa paga muito pouco (e paga mesmo ),que iam trabalhar em uma empresa de construção, e iam ganhar R$ 900,00 (beleza,bom pra vocês!!! ,pensei),esses dois caras eles tinham características diferentes,um era tipo um árabe meio turco ( o cara era muito estranho,eu sendo homem, não acho homem bonito,mas o cara era feio para caralho ) o outro cara era meio playboy metido a malandro,enfim, estavam falando que iam sair e que a empresa é uma merda (realmente é!e ainda acrescento, AQUELA EMPRESA É UM LIXO!!!),alem disso o que mais me chamou atenção foi que depois chegou outro cara,esse cara era um alemão com os dentes podres( podemos chama-lo de alemão rotten),e o cara chegou e falou:

ROTTEN - To indo embora,me mandaram embora!
PLAYBOY MALANDRO - Ha eh?por que ,meu veio?
ROTTEN - Ha,o encarregado veio me tirar pra loco e e u corri ele com uma barra de ferro!
PLAYBOY MALANDRO - Mas por que, cara?
ROTTEN - Ha, só por que eu faltei três dias antes do feriado de Natal,ele chegou em mim e disse que já que eu tinha faltado tanto eles iam me mandar embora,ai eu peguei uma barra de ferro e disse - já que tu te acha o boi de uma guampa só, eu vou tirar a outra (eu não entendi que merda esse cara quis dizer, mas...) e sai correndo atras dele,depois apareceu o gerente e perguntou se eu era o fulano,eu disse que era e assinei os papel (foi assim que o cara disse "papel,os papel ), tinha que ver o gerente chegava a tremer na minha frente.

Dai o cara foi embora.

FIM (dessa parte),

(qual a conclusão que podemos tirar desse acontecimento,o cara não levava desaforo pra casa,é vagabundo, não quer trabalhar e ainda quer ter razão).

Continuando a parte dos caras que iam embora por que conseguiram outro emprego...

Enquanto estávamos conversando o Playboy, quando falava,dava pra sentir o cheiro de Maconha (problema é dele se ele fuma,mas venhamos e convenhamos,fica estranho um ambiente aberto,todo mundo ali,e só um cara com um puta fedor de Maconha),enquanto conversava, de repente do nada o cara se levantava e dava uma caminhada de uns 5 metros e voltava e sentava no banco,de novo ia lá e repetia o ato, (eu sabia que o cara tinha se chapado,tava bem louco,mas fazer o que?desde que não me encha o saco!).

E ,quando iam saindo pra o ponto de ônibus,o cara foi até o lixo, pegou um papel de carteira de cigarro e disse: Vo fuma um!
e foi, ele e o árabe turco (o turco era o que parecia que estava com a erva,o turco era o responsável pela erva e o playboy pela seda).

E lá foram os dois.

FIM

NOTA: O cara estava tão,mas tão chapado,que perdeu a noção do aceitável, porra ir até o lixo e pegar papel de cigarro pra fumar maconha, puta que pariu,pra vocês ver a merda de lugar que eu estou metido.

EM BREVE, MAIS HISTORIAS ESCROTAS DA MERDA DE LUGAR QUE TRABALHO AGUARDE!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário